O nosso olhar é responsável por transmitir as características de nossas emoções. Alegria, tristeza, surpresa, espanto, decepção e outras expressões adquirem forma nessa região tão complexa, que envolve a região das pálpebras e sobrancelhas. Com o passar dos anos, um pouco de rugas, bolsas de gordura abaixo dos olhos e leve queda do supercílio são considerados normais. Quando ocorrem em demasia, levam a um olhar cansado e mais envelhecido. Quando isso se torna muito desconfortável para o seu bem estar e auto-estima, é hora de tratar.
A cirurgia procura com técnicas específicas e pouco traumáticas, restaurar o equilíbrio da região, trazendo de volta uma aparência jovial e relaxada.
O procedimento que pode ser feito em qualquer idade pois o comprometimento da região tem como causas principais o envelhecimento natural e também características faciais familiares (hereditariedade).
A cirurgia pode aborda a pálpebra superior, a pálpebra inferior ou ambas. O principal objetivo é reposicionar as bolsas de gordura da região e remover o excesso de pele, quando ele existe.
A cirurgia de elevação do supercílio melhora a queda do mesmo e age em toda a região próxima a ele minimizando as linhas de expressão exacerbadas. Ou seja, a cirurgia espera reduzir sulcos profundos na parte superior e lateral da testa ao mesmo tempo em que reposiciona o supercílio numa região esteticamente mais favorável para o paciente. Algumas vezes, com a elevação do supercílio o excesso de pele da pálpebra superior se torna menos evidente e a cirurgia de blefaroplastia superior acaba não sendo mais necessária.